AUSENTE ATÉ 22 DE AGOSTO!
ATÉ BREVE

Pesquisar Benfic@holic

domingo, 16 de junho de 2013

O Caso Cadorin

Decorria o ano de 1986, na época anterior o Portimonense conquistara a sua melhor classificação de sempre, um honroso 5º lugar. O grande obreiro foi Manuel José.

Mas hoje é para falar de mais um caso de corrupção do nosso futebol, a época era a de 1985/1986 até então na cidade de Portimão tudo normal, o Portimonense estava bem na classificação. Nesse fim de semana o Portimonense teria pela frente um forte opositor que lutava pelo campeonato.

O jogador Serge Cadorin foi alvo de aliciamento para cometer uma grande penalidade adivinhem contra quem? Pois é os mesmos de sempre, o F.C.Porto, a verdade é que Cadorin veio para toda a imprensa relatar o sucedido e tendo inclusive ido à PJ apresentar o caso. Nesse jogo o Portimonense acabaria por vencer por 1-0 o F.C.Porto com um golo do mesmo Serge Cadorin.

A verdade é que nem imprensa nem PJ nem ninguém quiseram saber do caso, segundo o relatório da PJ da época e a própria imprensa nada se poderia provar porque era a palavra de Cadorin contra a de Luciano d'Onofrio.

Cadorin tinha chegado 1 ano antes a Portugal pela mão de Norton de Matos que fora seu colega de equipa no Standard de Liège, tendo como seu empresário o inevitável Luciano d'Onofrio.

Segundo Cadorin, d´Onofrio teria oferecido um contrato com o Futebol Clube do Porto para a época seguinte ou então uma transferência para um clube Italiano para além da verba de 500 contos (2500€).
Luciano já naquele tempo trabalhava fervorosamente com Pinto da Costa e a verdade é que os casos no futebol Português apareciam todos os dias ou quase todos os dias e este foi mais um que morreu sem que ninguém o investigasse. 

O mais curioso de tudo isto é que no ano seguinte a este episódio de corrupção, estava Cadorin ainda ao serviço do Portimonense e quase na eminência de se transferir para o Sporting, até que aconteceu o que até hoje ninguém quis explicar, nem o próprio jogador comentou o sucedido.

A misteriosa explosão que quase termina com a vida de Cadorin.
Cadorin na sua residência e misteriosamente houve uma explosão de gás, que quase que terminava com a sua vida mas terminou com a sua carreira, pois as lesões provocadas pela explosão fizeram com que a transferência para o Sporting fosse cancelada e Cadorin ficasse impossibilitado de praticar futebol. A explosão ocorreu no ano a seguir a ter denunciado a tentativa de aliciamento por parte do F.C.Porto e Luciano d'Onofrio.

Luciano d'Onofrio era à época empresário de jogadores de futebol sendo um dos amigos pessoais de Pinto da Costa sendo por essa altura procurado pelas autoridades tendo inclusive estado preso, havendo na altura fortes indício de ligações com máfias e tráfico de armas.

A verdade é que desta história existem muito poucas fontes e as que existem abordam pouco o ocorrido. Há anos atrás um jornal ainda tentou entrevistar Cadorin e saber o que de facto se passou mas apenas afirmou que queria continuar a gozar a sua vida em paz e que não queria mais problemas devido a tudo o que se passou.

Infelizmente Cadorin já não se encontra entre nós, tendo falecido em Liège a 10 de Setembro de 2007 aos 45 anos de idade. Que descanse em paz, foi dos poucos que teve a coragem de denunciar a corrupção.



(in pulpus corruptus)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...